A verdade e a mentira são antagonistas por natureza

A Mentira nos prende e engana, a Verdade nos salva e liberta

  • Publicado: Reflexão Della Morena - 28/04/2020

A mentira costuma ser mais bonita, sempre soa melhor aos nossos ouvidos, é mais atraente e mais lisonjeira. Se alguém diz que somos bons, simpáticos, inteligentes e coisas semelhantes, certamente nos sentiremos lisonjeados e envaidecidos. Mas será que esses elogios são mesmo verdadeiros?
Será que tais atributos, mesmo com alguma sombra de verdade, nos farão bem e contribuirão para o nosso necessário aperfeiçoamento ao aguçar a nossa vaidade? Os elogios, especialmente os falsos, são obstáculos ao nosso crescimento interior, pois chegaremos a crer que o que está sendo dito é verdadeiro e já não nos esforçaremos tanto para melhorarmos.
Porém, quando nos dizem a verdade sobre nossas deficiências, é comum a difícil aceitação. A Verdade soa sempre desagradável, pouco cativante, amarga e, não raro, e até humilhante, principalmente, quando vinda de alguém muito próximo que está apenas cumprindo seu dever de nos alertar, de nos ajudar.
Seja como for, passado o momento do choque desagradável, se nos pusermos a pensar com humildade, perceberemos que é muito vantajoso constatarmos o quanto nos falta para nos aperfeiçoarmos, pois, conhecendo como realmente somos é que saberemos como nos melhorarmos.
Todos nós conhecemos o dito popular: “A verdade dói”, não é mesmo? Porém, será sempre melhor procurarmos ser mais inteligentes não valorizando a beleza da mentira ou o conforto da adulação, e sim, nos fixarmos nos austeros mas inegáveis benefícios da verdade, mesmo à custa de alguma dor no nosso ego.
É bom termos em mente, nesta terça-feira, uma saudável máxima: “A Mentira nos prende e engana, a Verdade nos salva e liberta”. Sejamos práticos então: é melhor a Verdade doída do que a enganosa Mentira, simples assim!

Image