Reflexão Della Morena (17/06/2020)

O tronco caído

  • Publicado: Núcleo Digital - 17/06/2020

Há uma bela lenda indígena sobre o "ritual de passagem" que diz assim:

“O pai leva o filho para a floresta, coloca uma venda nos olhos e o deixa lá, sozinho.

O jovem deve permanecer sentado em um tronco a noite toda, sem remover a venda até que os raios do sol o avisem que é de manhã.

Ele não pode e não deve pedir ajuda a ninguém.

Se ele sobreviver à noite, sem se desmoronar, será um homem.

Não pode contar a sua experiência aos amigos ou a ninguém, porque cada jovem tem que se tornar um homem sozinho.

O jovem está claramente aterrorizado... Ele ouve muitos barulhos estranhos ao seu redor.

Certamente existem feras ferozes ao seu redor.

Talvez até homens perigosos que o machuquem.

O vento sopra forte a noite toda balançando as árvores, mas ele continua corajosamente, sem tirar a venda dos olhos.

Afinal, é a única maneira de se tornar um homem!

Finalmente, depois de uma noite assustadora, o sol sai e ele tira a venda dos olhos.

E é nesse momento que ele percebe que o pai está sentado no tronco, ao lado dele.

Esteve de guarda toda a noite protegendo o filho de qualquer perigo.

O pai estava lá, embora o filho não soubesse.”

Nós também nunca estamos sozinhos.

Na noite mais assustadora, no escuro mais profundo, na solidão mais completa, mesmo quando não nos damos conta disso, Deus nunca nos abandona, e nos guarda... sentado no tronco ao nosso lado.

Image