Reflexão Della Morena (23/06/2020)

Emoções

  • Publicado: Núcleo Digital - 23/06/2020

Podemos sentir as mais diversas formas de emoções: raiva, saudade, melancolia, tristeza, medo, ansiedade, etc...
A emoção embaralha o espírito, acelera ou reduz a ordenação mental, trazendo o desequilíbrio das nossas ações e reações. Nesses momentos, precisamos empreender um esforço para o domínio da mente.

O domínio da mente começa quando freamos as palavras e medimos cada frase proferida, dentro de um clima de absoluta normalidade. Para isso é preciso pensar devagar, acalmar as palavras e ter paciência.

Dessa forma, chegaremos à serenidade necessária para controlar a situação, ordenar as palavras com equilíbrio e vencer os desarranjos emocionais.

O que sai da boca é força criadora e não há como fazê-la retornar. Por isso, pensemos bem antes de falar, evitemos excessos, nos regremos pela verdade e sensatez, regulemos o tom da nossa voz e não sejamos rudes.

Não façamos cobranças e nem busquemos responsáveis. Se a nossa mente busca soluções, nos tornamos positivos. E se ela busca razões, nos tornamos negativos.

Assim, gastemos mais tempo realizando que sonhando, fazendo que planejando, vivendo que esperando, porque, embora quem quase morre, esteja vivo, quem quase vive, já morreu.

Nos lembremos, nesta terça-feira, com serenidade que: "A franqueza não consiste em dizer tudo o que se pensa, mas em pensar tudo o que se diz”.

Image