Reflexão Della Morena (26/11/2020)

Um coração agradecido

  • Publicado: Núcleo Digital - 26/11/2020

Um homem, em suas andanças, encontrou o celeiro onde Satanás armazenava as sementes usadas para semear nos corações humanos. Ali havia sementes de inveja, cobiça, raiva, ódio, luxúria e assim por diante. Mas o que lhe chamou a atenção é que o maior número de sementes era de desânimo. Soube, ali, que as sementes poderiam crescer em quase toda parte.

Ao ser questionado sobre isso, Satanás, com bastante relutância, admitiu que havia um lugar em que sementes não podiam ser semeadas.

"E onde é esse local?", perguntou o homem. Com grande tristeza, Satanás respondeu: " No coração de um homem agradecido".

Costumamos reclamar por não estar numa escola de primeira linha, numa faculdade de conceito nacional, ou agradecemos a Deus pela benção de poder estudar enquanto muitos não têm esse privilégio?

Queixamo-nos por não termos sido escolhidos para uma promoção no trabalho pela escolha de alguém que, ao nosso ver, não merecia o posto que desejávamos, ou agradecemos a Deus por estarmos empregados, podendo assim na próxima oportunidade, alcançar o nosso objetivo?

Quando o nosso coração se deixa tomar de inveja, queixumes e murmurações, torna-se um campo adubado para que Satanás lance sua semente. Então, vêm as amarguras, o mau humor, a tristeza e o desânimo. Um coração grato, ao contrário, está sempre alegre, é capaz de motivar os que estão ao redor e, acima de tudo, fica imune às investidas do adversário de Deus.


Image